segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Um comentário:

Paulo Sérgio Ayub disse...

Salve Fuzzil,tâmo junto guerreiro, parabéns pelo trabalho verdadeiro.
Original de periférico brasileiro.
Você nos inspira a caminhar nesse mundo por amor, não por dinheiro.

Seu novo livro Caturra é exemplo de luta e resistência, trabalho e persistência de divulgar a sua arte, a nossa arte, a arte da periferia que também fazemos parte.

Sucesso para 2011

Abraços