segunda-feira, 31 de março de 2008

Escritor e Poeta, Salvador de Castro


UM JOVEM APAIXONADO

Linda flor do meu verão!
Ó meu jardim perfumado!
Musa de minha inspiração,
Chamas de um tornado.

Que me faz sair do chão
E sonhar acordado!
Vem tirar da solidão
Esse jovem apaixonado!

Ao ver-te sinto a emoção
De ter um tesouro encontrado;
Sinto Deus segurando-me pela mão,
Tendo a chave do paraíso me dado.

Vejo-te vindo em minha direção
Para dar-me um abraço apertado:
Que pena! Foi só uma visão
Desse jovem apaixonado.

Acalma o meu coração
Ó meu céu estrelado!
Você que é minha razão,
É meu futuro sonhado!

Vem guiar na imensidão
Esse ser desnorteado!
Vem ser a única diversão
Desse jovem apaixonado!

Sou só escuridão
Sem ter você a meu lado.
Uma vil criação,
Um jovem apaixonado.

Salvador de Castro

2 comentários:

Salvador disse...

Muito bom, obrigado pela divulgação!

Salvador disse...

Goste muito dessa poesia feita em forma de balada.
Muito rica em rimas e misturas de sonho e realidade, essa forma era muito utilizada por autores clássicos antigos.